• Nº1 na Opinião dos Clientes
  • Poupe até 50% face às óticas de rua
  • Envio Rápido 24h a 48h
  • -20% Óculos de Leitura

Apoio ao Cliente
Apoio ao Cliente

Existe cura definitiva para a miopia?

A miopia é uma condição refrativa que afeta a visão à distância e impossibilita a realização de algumas tarefas se a esta não for dada a atenção necessária. Entre essas tarefas quotidianas: conduzir, fazer apontamentos à distância ou assistir um filme no cinema nas últimas filas.

Existe cura definitiva para a miopia?

É devido a um aumento na curvatura da córnea, bem como no comprimento axial e na potência dos meios transparentes. O que faz com que o ponto focal se forme na frente da retina e as imagens distantes sejam vistas desfocadas. Geralmente aparece na infância ou durante a puberdade.

O principal sinal de alerta geralmente é forçar os olhos ou aproximar demais as coisas do rosto para poder vê-las. É assim que geralmente se constata que as crianças têm dificuldade em focar e precisam de usar óculos corretivos.

Essa maneira particular de olhar, muitas vezes leva a forçar os olhos e esfregar as pálpebras. Terminando com fadiga ocular ou vermelhidão numa hora do dia, devido ao esforço permanente para perceber claramente.

Tipos de alterações associadas à miopia

Esta condição é classificada de acordo com o grau de refração ou dioptrias (D). São as unidades com as quais se mede o tipo de correção necessária para ver corretamente, seja com óculos ou lentes de contacto prescritos pelo oftalmologista:

Simples

É o mais frequente e não apresenta lesões nas estruturas oculares. Surge na infância e embora não costume ultrapassar as 6 dioptrias (D), por vezes atinge valores mais elevados, fundamentalmente na fase de desenvolvimento. Começa a estabilizar após o processo de crescimento.

Magna ou patológico

A alta miopia está ligada a problemas degenerativos e requer lentes mais espessas para corrigir, porque é grave. Situa-se entre as 8 e 10 D, mas pode ir até ás 30 ou 50 D, por isso também é conhecido como progressiva.

Congénita

Aparece no recém-nascido e as causas que a originam são hereditárias. Muitas vezes está relacionada com problemas durante o período de gravidez, como uma doença materna. Geralmente é alto.

Porque é que a miopia progride?

Não se sabe exatamente o porquê desta condição progredir em algumas pessoas e não em outras. O que se evidencia é que tem um componente genético. Se os seus pais são altamente míopes, é bem provável que também o seja.

Existem fatores ambientais que afetam o seu aparecimento e evolução, como o tempo que passa na frente de tablets, telemóvel e telas, ou a trabalhar em distâncias curtas, além de ficar em ambientes fechados por longos períodos e não receber luz solar.

Aliás, a Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou em Maio deste ano sobre o aumento de casos, devido ao estilo de vida imposto pela pandemia do coronavírus. Conforme relatado, 800 milhões de pessoas em todo o planeta têm miopia.

Estima-se que até 2050 metade da população poderá ter a doença, se não houver conscientização sobre a importância da prevenção. A OMS recomenda mudar as atividades de tempos em tempos, ao olhar de perto e focar em num ponto distante, para descansar o olhar.

Como o erro refrativo é tratado?

Não existe uma cura definitiva para este transtorno, mas sim possibilidades de tratamento e melhoria. Geralmente, é corrigido com óculos nos quais são colocadas lentes espessas nas bordas e mais finas no centro, que focam a imagem na retina para vê-la claramente.

Outra forma é através do processo de ortoqueratologia. Consiste no uso de lentes noturnas permeáveis aos gases e formuladas sob medida, para moldar a camada superficial do olho enquanto dorme, para que se adapte ao novo formato.

A cirurgia a laser e refrativa também ajuda a obter um melhor foco visual. A técnica da luz intensa permite cortar o tecido epitelial sem a necessidade de bisturi e depois, com a mesma fonte de energia, esculpi-lo para corrigir o defeito.

Nem todos os pacientes precisam ou aceitam este método avançado, então o procedimento cirúrgico a outra opção. Neste caso, o que se faz é implantar uma lente intraocular permanente que corrige a alta graduação.

Eficácia do tratamento para miopia

Os procedimentos descritos são bastante seguros e ajudam a ver com mais clareza. No entanto, não resolvem completamente o problema. O olho continuará a ser o de um míope, ou seja, com um grande comprimento axial e uma retina muito alongada.

Logo, pode estar mais predisposto a complicações oculares. Portanto, independentemente do método escolhido, terá que fazer exames oftalmológicos anuais para garantir que está bem.

O resultado visual com qualquer uma das tecnologias de laser é de 95%, alcançando uma graduação mínima duradoura. No entanto, é possível que com o passar dos anos volte a ter uma graduação aumentada, embora seja raro.

Eficácia do tratamento para miopia

A inserção de lentes intraoculares reduz. A possibilidade de obter visão perfeita à distância sem óculos é maior quando graduação anterior à intervenção é baixa ou moderada.

Quais são as complicações prováveis?

Pessoas cuja miopia piora, correm maior risco de desenvolver patologias associadas ao alongamento do globo ocular. Por este motivo, antes da intervenção, o médico fará um exame exaustivo para determinar se é viável fazê-lo. Essas complexidades são:

Descolamento de retina

Ao ter o comprimento do olho estendido, esta membrana torna-se mais fina e é provável que se rasgue ou se separe das camadas que a sustentam. Quando isso acontece, a retina pára de funcionar e, a menos que as membranas sejam de novo unidas, o dano será para sempre.

Degeneração Macular Miópica

Ocorre como resultado do estiramento e aumento do tecido sensível à luz. Essa deterioração da mácula afeta a perceção de objetos e cores na parte central do campo visual. A probabilidade de desenvolvê-la aumenta com a idade.

Glaucoma

As alterações que os míopes apresentam enfraquecem as fibras do nervo óptico, tornando-o mais suscetível ao aumento da pressão intraocular. Este distúrbio leva a uma perda de visão lenta, mas progressiva. Se não for tratada, causa cegueira.

Cataratas

Esta opacidade do cristalino está mais frequentemente relacionada com o envelhecimento, mas tende a se desenvolver mais cedo naqueles que têm um alto grau de dificuldade de focalização. Faz com que a visão esteja fora de foco, com brilho e halos de luzes.

Controlo da miopia infantil

Dado que há cada vez mais crianças míopes, tem-se tentado encontrar uma forma de controlar esta doença testando diferentes técnicas, incluindo a adaptação de lentes bifocais, lentes progressivas e lentes noturnas, a menores.

De acordo com a Academia Americana de Oftalmologia, os resultados foram mistos. Estes instrumentos óticos são incómodos e têm uma eficácia baixa a intermediária. Usar uma prescrição mais baixa do que o necessário como método de prevenção da progressão não funciona.

O tratamento que se tem mostrado mais eficiente são as gotas de atropina. Dado em baixas doses na hora de dormir, retarda a evolução em aproximadamente 50%. Além disso, gera menos efeitos colaterais do que altas concentrações dessa substância.

As mais frequentes são a dilatação pupilar que causa desconforto à luz intensa, comichão ou leve vermelhidão ao redor dos olhos. Após a descontinuação, o estado refrativo é acelerado novamente. Portanto, a supervisão médica é essencial.

Hábitos preventivos contra a miopia

Certas rotinas ajudam a retardar o início e a progressão do problema de refração que dificulta a visão ao longe. Promover atividades ao ar livre é uma delas, pois os raios do sol são necessários para a nutrição com vitamina D, essencial para a saúde visual.

Outra maneira de se proteger é reduzir as atividades que exigem mais esforço do que o normal. Lembre-se de fazer pausas de 20 segundos a cada 20 minutos de trabalho em curtas distâncias, para não alterar a função acomodativa.

Evite iluminação intensa e direta, assim como sombras. Novos dispositivos eletrónicos permitem adaptar o brilho e bloquear a luz azul. Active um tom mais claro para não cansar os olhos. Distâncias inferiores a 30 centímetros não são recomendadas.

Se necessário, use lágrima artificial para manter a superfície ocular hidratada. O uso de dispositivos móveis e telas portáteis por mais de duas horas por dia em menores de 16 anos é desencorajado.

Deteção precoce

A identificação precoce da miopia oferece a possibilidade de controlá-la mais rapidamente com os métodos já descritos. É necessário agendar exames de rotina para si e para os seus filhos, mesmo que eles ainda não apresentem sintomas.

Em muitas ocasiões passam despercebidos porque as pessoas míopes vêm muito bem ao perto e a distâncias intermediárias. Uma criança com 5 dioptrias pode passar várias horas entretida sem sinais de fadiga visual.

Da mesma forma, o diagnóstico precoce previne patologias relacionadas com a elasticidade ocular. Por isso, é fundamental visitar o oftalmologista uma vez por ano para descartar qualquer problema que possa interferir na sua saúde visual.


Artigos Relacionados

Pesquisa

Temas
Conforto superior ao longo de todo o mês com as Lentes Hydrasense Lentes de Contacto

Top 10 artigos

Top 10
Olhos Secos e Sensiveís com BioNatural Líquidos
Opiniones de Clientes en Lentes de Contacto 365
Apesar do elevado número de encomendas, todos os pedidos estão a ser expedidos com normalidade. Saiba mais »