• Nº1 na Opinião dos Clientes
  • Poupe até 50% face às óticas de rua
  • Envio Rápido 24h a 48h
  • -20% Óculos de Leitura

Apoio ao Cliente
Apoio ao Cliente

Lentes ocupacionais: o que são e para que servem

Num mundo onde a tecnologia e a comunicação digital ocupam grande parte do dia, é comum as pessoas passarem várias horas em frente a ecrãs digitais. Isso pode causar fadiga ocular e outros desconfortos que podem ser resolvidos com lentes ocupacionais.

As lentes ocupacionais são feitas para quem passa grande parte do seu dia em frente a dispositivos digitais. Seja porque a rotina de trabalho assim o exige ou simplesmente por entretenimento, esta exposição prolongada a ecrãs digitais traduz-se em visão cansada, dores de cabeça e tonturas.

Estes óculos foram projetados apenas para leitura a distâncias próximas e intermediárias. Portanto, são ideais para o trabalho de escritório, onde o trabalho se concentra em distâncias curtas (40 cm) ou médias (50 cm a 150 cm), como o ecrã do computador.

Este tipo de lente proporcionará conforto e relaxamento aos seus olhos. Irá ainda melhorar a sua postura, uma vez que, deixa de precisar de se aproximar tanto do ecrã. A razão? Ao colocar os óculos, o seu campo de visão é ampliado em distâncias próximas.

Desta forma, os óculos ocupacionais não apenas permitem melhorar a saúde visual, como reduzem dores de pescoço, ombros e costas, tornando o seu dia de trabalho mais agradável.Lentes ocupacionais

Óculos Ocupacionais vs. Progressivos

É importante ressaltar que as lentes ocupacionais não substituem as lentes progressivas. De facto, dependendo do diagnóstico do paciente ou da área específica que requer atenção, podem ser usadas lentes progressivas ou degressivas (ocupacionais).

Por exemplo, uma pessoa com presbiopia, conhecida como a dificuldade em ver claramente objetos que estão a uma curta distância, pode precisar dos dois tipos de lentes. Os óculos com lentes ocupacionais para o trabalho e os óculos progressivos para quando precisa ver a curta, média e longa distância.

Importa realçar que as lentes degressivas são uma boa opção para pessoas que nunca usaram óculos progressivos, uma vez que a adaptação é mais fácil e rápida. Isto acontece porque as lentes ocupacionais apenas cobrem a visão de 40 centímetros a 1 metro.

Assim, pessoas com miopia ou hipermetropia também podem usar lentes ocupacionais para corrigir distâncias próximas e intermédias. No entanto, os óculos ocupacionais não terão nenhum efeito na visão ao longe, sendo, portanto, aconselhável usar os dois tipos de lentes ou optar por lentes progressivas.

Razões para escolher óculos ocupacionais ou de leitura

As lentes ocupacionais permitem focar a várias distâncias. Por exemplo, pode fixar a sua visão no computador, que geralmente está a cerca de 60 ou 80 centímetros, mas também consegue igualmente fixar os olhos nas folhas de papel que usar para escrever e que estão a cerca de 40 centímetros ou menos.

Por outro lado, os óculos de leitura ajudam a focar distâncias curtas, como na leitura de uma revista. Mas se quiser olhar para o computador terá de se aproximar, porque a distância é maior do que a coberta pelos óculos de leitura. O que se traduz numa postura prejudicial para a coluna.

Outra vantagem dos cristais degressivos é que, devido ao formato das lentes, a visão a curta e média distância é muito melhorada, tornando o campo de visão muito mais amplo do que nas lentes progressivas.

No entanto, lembre-se de que antes de decidir que tipo de óculos usar, deve consultar um oftalmologista. A saúde visual é um problema que merece atenção; portanto, consulte sempre um especialista para uma avaliação completa.

Uso de lentes degressivas

Um dos aspetos a considerar é que, independentemente das vantagens, os óculos degressivos nem sempre são necessários ou aconselháveis para todas as situações. Da mesma forma, se precisar deles, o aconselhamento de um optometrista é essencial para escolher os óculos progressivos mais adequados a si.

Lembre-se de que as lentes ocupacionais são indicadas para pessoas cujo estilo de vida justifica o uso constante e prolongado de um computador, tablet, telemóvel ou qualquer outro dispositivo digital.

Perceber contrastes, diferenciar cores e alternar entre distâncias focais longas e curtas geralmente resulta em fadiga ocular. Por sua vez, produz sintomas irritantes que deterioram a sua saúde visual. Daí a importância destas lentes.

O seu uso dependerá da avaliação de um optometrista. O especialista determinará quais os tipos de lente mais adequados a si, de acordo com os problemas visuais existentes, como miopia, hipermetropia e astigmatismo.

3 benefícios das lentes ocupacionais

Estas lentes são ideais para quem passa muito tempo em frente a um computador. São então destinadas a quem trabalha longas horas em frente a dispositivos digitais, pois graduam a visão a distâncias próximas e intermediárias.

1. Conforto visual

Os cristais degressivos fornecem ampla profundidade de campo. O que significa maior capacidade de ver de forma clara objetos que se encontrem próximos ou a distâncias intermédias, garantindo assim o conforto visual do usuário. Não precisará mais de fixar o olhar em detalhes que não conseguiu ver bem. Com os óculos ocupacionais poderá realizar todas as tarefas diárias com maior precisão e eficiência.

2. Correção da postura corporal

No início do dia as costas estão retas, mas com o passar das horas terá tendência a curvar as costas para se aproximar do ecrã. No entanto, ao usar as lentes ocupacionais com o seu amplo campo de visão não irá precisar mais de se aproximar do ecrã do computador para ver melhor.

3. Melhorar a saúde visual

Os óculos ocupacionais reduzem os efeitos de passar tantas horas em frente a dispositivos digitais. Portanto, secura, olhos vermelhos e irritados, visão exausta e dores de cabeça deixarão de ser um problema.

Exercícios para relaxar os olhos quando se passa muitas horas no computador

Quando se mantém os olhos fixos no ecrã do computador por muitas horas, ocorre uma maior abertura da pálpebra e aumenta a superfície ocular exposta. Além disso, há a redução na frequência e amplitude do piscar de olhos o que causa desconforto.

Olhos lacrimejantes, irritados e vermelhos, secura, dor ou picadas são os sintomas mais frequentes de se passar muitas horas exposto a dispositivos digitais. Para minimizá-los sugerimos o uso de lentes ocupacionais e os seguintes exercícios de relaxamento.

1. Descanse os olhos

Reserve apenas cinco ou dez minutos do seu precioso tempo para descansar os olhos, a cada hora de trabalho. Isso evitará desconforto visual. Além disso, faça exercícios para relaxar a visão, como movimentos dos olhos no sentido horário e vice-versa.

2. Focalize ou fixe o olhar

Adicionalmente deve focar o olhar num objeto distante e permanecer uns minutos em repouso. A maneira correta de fazer isso é direcionar o olhar, o máximo de tempo que conseguir, em cada direção: para cima, para baixo, esquerda e direita. É importante que mova os olhos e não a cabeça.

3. Massagens aos olhos

Recomenda-se uma massagem aos olhos, usando os polegares em movimentos circulares, abaixo das sobrancelhas e até às pálpebras. Recomenda-se também, que feche os olhos com firmeza, abrindo-os de seguida, de forma a neutralizar os efeitos do tempo passado em frente a ecrãs digitais.

4. Acomodação visual

Deve também adicionar um exercício de acomodação à lista de exercícios. O exercício consiste em colocar o dedo indicador ao nível dos olhos e a uma distância semelhante à do cotovelo. O indicador da outra mão deve ser colocado atrás do primeiro, mas a uma distância de 15 centímetros. Agora só precisar de olhar de forma alternada para cada um dos dedos.

5. Relaxamento ocular

Outra opção para evitar olhos secos é relaxar os músculos faciais e olhar para a frente. Posteriormente, piscar lentamente, pelo menos 20 vezes seguidas, de forma suave e sem esforço.

6. Aqueça os olhos com as palmas das mãos

Por fim, sente-se confortavelmente num espaço silencioso. Feche os olhos e coloque as palmas das mãos sobre eles. Em seguida, abra lentamente os olhos e continue a sua rotina, depois de passar cerca de cinco minutos relaxado, respirando lentamente.

Adaptação dos óculos ocupacionais em função da distância de trabalho

Adaptação das lentes ocupacionais

De acordo com a prescrição do optometrista, poderá ter de usar uma dessas lentes, dependendo da distância de trabalho:

Lentes ocupacionais a 1 metro

São ideais para quem passa a maior parte do dia em frente de um computador, tablet, telemóvel ou qualquer outro equipamento eletrónico que implique focar a uma distância muito curta.

Ocupacionais a 2 metros

São uma boa opção para quem trabalha em frente a um computador, mas que também precisa de focar o olhar em distâncias que não excedam os dois metros.

Ocupacionais a 4 metros

É uma alternativa para pessoas que trabalham em escritório e que cumprem diferentes funções, onde o computador não é seu foco principal, pois precisam de fazer outras tarefas em ambientes próximos.

Lentes ocupacionais personalizadas

É uma das opções mais utilizadas, pois são projetadas para pessoas com alguma perda visual, para distâncias que não as supracitadas.

Os óculos ocupacionais são uma opção para quem trabalha ao computador ou para quem a rotina de trabalho envolva focar a visão a distâncias próximas ou intermédias. Desta forma, as lentes ocupacionais tornaram-se grandes aliadas para quem quer otimizar e cuidar da sua saúde visual.


Artigos Relacionados

Pesquisa

Temas
Conforto superior ao longo de todo o mês com as Lentes Hydrasense Lentes de Contacto

Top 10 artigos

Top 10
Olhos Secos e Sensiveís com BioNatural Líquidos
Opiniones de Clientes en Lentes de Contacto 365
Apesar do elevado número de encomendas, todos os pedidos estão a ser expedidos com normalidade. Saiba mais »