• Nº1 na Opinião dos Clientes
  • Poupe até 50% face às óticas de rua
  • Envio Rápido 24h a 48h
  • -20% Óculos de Leitura

Apoio ao Cliente
Apoio ao Cliente

Qual é a relação entre o sono e a saúde ocular?

Sabia que não dormir o suficiente pode afetar a sua visão? Quando está sem sono para fazer alguma coisa, seja trabalhar no computador, olhar para o telemóvel, ler um livro ou assistir a um programa de TV, os seus olhos também não descansam.

O tempo prolongado que passa sem fechá-los gera vários sintomas, incluindo fadiga ocular, olho seco e tremores palpebrais. Além disso, o esforço para ficar acordado altera a parte do cérebro responsável pelo processamento da informação visual.

Portanto, é difícil distinguir objetos e letras, pois não está a processar as imagens normalmente. Para se recuperar do trabalho realizado durante o dia, os olhos precisam de pelo menos 5 horas de descanso à noite.

Quanto menos descansar, maiores serão as manifestações externas que terá. Por exemplo, pálpebras inchadas, olheiras, vermelhidão e olheiras que mostram claramente a falta de descanso.

Efeitos da fadiga ocular

Com a fadiga visual, surgem uma série de sinais, como dor de cabeça e dificuldade em olhar para um objeto. Também desconforto no pescoço, ombros ou costas, olhos lacrimejantes ou secos, aumento da sensibilidade à luz e visão dupla ou turva.

Isto costuma acontecer com quem trabalha ou estuda muito tempo em frente do computador ou dos livros. Depois de várias horas, começam a ter problemas para continuar a trabalhar devido à fadiga que isso lhes causa.

Efeitos da fadiga ocular

Se navegar na Internet até à hora de dormir, o seu cérebro terá mais dificuldade em enviar o sinal para dormir. Consequentemente, o período de inatividade é reduzido para repôr a energia e relaxar os músculos.

Olhar para telas brilhantes de telemóveis ou tablets em espaços escuros torna-o mais suscetível à fadiga ocular digital. Se não puder evitar, use os aplicativos que permitem reduzir a luz azul dos dispositivos móveis.

Qualidade do sono e olho seco

A curta duração e a má qualidade do sono afetam particularmente as pessoas com doença do olho seco (DED). Em 2021, a Universidade de Groningen, na Holanda, apresentou um estudo para demonstrar o impacto que tem nesses pacientes.

Esta condição aparece quando o globo ocular não produz a quantidade correta de lágrimas para mantê-lo húmido ou estas, evaporam rapidamente. Os seus sintomas incluem: dor, ardor, visão turva e intolerância à luz.

Os autores desta pesquisa avaliaram 71.761 pessoas de ascendência europeia para descobrir os fatores associados a ambos os problemas. Descobriram que quase um em cada dois pacientes com essa patologia dormia mal.

A qualidade do sono era semelhante à daqueles com condições crónicas, como osteoartrite e apneia obstrutiva do sono, observaram. O resultado foi o mesmo em jovens e adultos, mulheres e homens, em parte devido à presença simultânea de outras doenças.

Tique ou tremor pálpebral

A secura ocular por não dormir bem e trabalhar sem parar no computador também afeta a saúde das pálpebras. Pode sentir o movimento repetitivo e involuntário do músculo orbital e não conseguir controlá-lo.

Essa condição, conhecida como mioquimia palpebral, pode se tornar incomodativa porque é acompanhada por outros sintomas. Por exemplo, fotossensibilidade e visão turva, o que dificulta a realização de certas tarefas diárias, como conduzir e ler.

O tremor é mais comum na parte inferior e geralmente é impercetível. Quando você se olha no espelho, não percebe, mesmo que sinta muitas palpitações. No entanto, há casos em que é visível porque a pálpebra da pessoa fecha completamente.

Para evitar tiques nos olhos, recomenda-se dormir o número de horas necessárias e desconectar todos os aparelhos eletrónicos antes de ir para a cama. Da mesma forma, é aconselhável fazer uma massagem suave na área afetada para que desapareça.

Usar lentes de contacto à noite

Quanto às lentes de contacto, dormir com elas não afeta a qualidade do sono, mas não é saudável para os olhos.

Leia também: Lentes CRT: lentes que corrigem a miopia enquanto dorme

Horas de descanso e glaucoma

Por outro lado, um estudo do Journal of Glaucoma relaciona o facto de dormir pouco, mal ou excessivamente, com o glaucoma. Esta condição do nervo ótico é a segunda principal causa de cegueira no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A pesquisa foi baseada num levantamento sobre a qualidade do sono, realizado com 7.000 pessoas com essa patologia nos Estados Unidos. As questões focaram-se principalmente em saber o tempo de descanso, as dificuldades para adormecer e a existência de algum distúrbio.

Quem dormiu 10 horas ou mais apresentaram o triplo do risco de ter essa condição, em comparação com quem dormiu 7 horas. Enquanto isso, aqueles que levaram menos de 10 minutos para adormecer eram mais propensos do que aqueles que demoraram mais para fazê-lo.

Os participantes que relataram sonolência diurna e baixa concentração também foram mais vulneráveis à perda de visão. Foi estudado que a apneia do sono contribui para piorar o dano do nervo óptico em pacientes com glaucoma.

Repercussões estéticas do sono

A perda de horas de sono noturno também causa problemas estéticos ao nível dos olhos. Quando não descansa o suficiente, seu corpo não tem tempo para se recuperar como deveria, e isso reflete-se nos seus olhos.

A falta de descanso atrapalha a circulação sanguínea fazendo com que os capilares se dilatem e apareçam as temidas olheiras. Essas marcas escuras sob as pálpebras destacam-se do resto da pele, dando uma sensação de exaustão.

Há pessoas que retêm líquidos enquanto dormem e acordam com os olhos inchados. Descansar mal também causa uma aparência cansada. Se o mesmo acontece consigo, é possível que ao acordar perceba uma inflamação ou tenha bolsas na região inferior.

A solução para esses problemas é um sono reparador. É mais importante para a sua saúde dormir profundamente e sem interrupções do que passar muitas horas na cama num estado de repouso superficial e intermitente.

Importância de adquirir bons hábitos de saúde visual

Embora seja difícil ficar longe das telas eletrónicas neste momento, é fundamental adquirir hábitos saudáveis para evitar problemas de visão. Se sacrificar horas de sono para trabalhar em frente ao computador ou a ler mensagens no telemóvel, a sua visão sofrerá.

Para começar, será difícil concentrar-se nas tarefas diárias durante o dia. Por exemplo, conduzir o carro, que traz o perigo de um acidente. Da mesma forma, pode causar um evento o trabalho ao manusear uma máquina, com sono.

Tente regular os horários tanto para ir para a cama como para se levantar. Desta forma, adquire o hábito de ir para a cama no mesmo horário e pode relaxar os músculos dos olhos. São nove no total que usa sem parar durante o período de atividade e precisam de descanso.

As pálpebras mantêm os olhos lubrificados à noite quando estão fechados. Isso beneficia a superfície ocular porque a protege de agentes externos. Da mesma forma, a retina requer pausas extras para um melhor desempenho.

Quanto tempo precisa para descansar?

A necessidade de horas de descanso varia de pessoa para pessoa, devido a fatores como a idade e as condições genéticas. No entanto, os limites são geralmente entre cinco e seis, a nove e dez. A passagem do tempo afeta tanto a quantidade como a qualidade.


Quanto tempo precisa para descansar?

Geralmente, um adulto precisa de sete a oito horas para descansar, enquanto um idoso dorme apenas seis. De qualquer forma, os sinais externos que se notam no dia seguinte, como cansaço, sonolência, entre outros, são os que indicam se foram suficientes ou não.

Para melhorar a qualidade do sono, é recomendável fazer alguma atividade física como caminhar, nadar ou andar de bicicleta durante o dia. Comer algo leve no jantar, evitar álcool, bebidas com cafeína e não fumar, ajudam a relaxar.

Tente não fazer sestas muito longas, reduza o ruído e a luz ao dormir. Se, apesar disso, não conseguir fazê-lo bem ou tiver desconforto visual, vá ao oftalmologista para descartar qualquer patologia grave associada à visão.

De qualquer forma, fazer um exame oftalmológico preventivo anual ajudará a manter a sua saúde visual e a resolver qualquer inconveniente que possa surgir atempadamente.


Artigos Relacionados

Pesquisa

Temas
Conforto superior ao longo de todo o mês com as Lentes Hydrasense Lentes de Contacto

Top 10 artigos

Top 10
Olhos Secos e Sensiveís com BioNatural Líquidos
Opiniones de Clientes en Lentes de Contacto 365
Apesar do elevado número de encomendas, todos os pedidos estão a ser expedidos com normalidade. Saiba mais »