• Nº1 na Opinião dos Clientes
  • Poupe até 50% face às óticas de rua
  • Envio Rápido 24h a 48h
  • -20% Óculos de Leitura

Apoio ao Cliente
Apoio ao Cliente

O que acontece se colocar uma lente de contacto rasgada? Atenção!

Tem uma lente rasgada dentro do olho? Raramente acontece, mas não é impossível. O número de casos de acidentes como estes é baixo. No entanto, deve estar ciente de que, se acontecer, deverá agir rapidamente e procurar ajuda médica.

Normalmente isto não acontece espontâneamente. O mau manuseamento das lentes ao remove-las e colocá-las e beliscar inconscientemente com as unhas ou com as bordas do estojo, são ações que podem contribuir para que o material sofra danos e se rasgue.

Lente de contacto rasgada no olho

Independentemente das lentes serem duras ou macias, irá notar que algo não está certo. Embora o rasgo seja pequeno a olho nu, sentirá um desconforto e dor. Retire as lentes de contacto e visite um especialista, pois é possível que a córnea tenha sofrido lesões.

É normal que, quando tentar remover as lentes de contacto, não consiga ou não saiba como fazê-lo. Aqui, irá descobrir os passos que deve seguir para tirar as lentes corretamente. Além disso, irá entender a importância de não usa-las novamente, mesmo que sejam essenciais para a sua rotina diária.

As lentes rasgam sozinhas?

As lentes de contacto são feitas de materiais que as tornam resistentes e ideais para serem colocadas nos olhos. Deste modo: é impossível que se rasguem sozinhos.

Assim, a principal causa deste tipo de incidente é a fricção. Vamos explicar-lhe melhor: ao mover a lente, estas são arrastadas ou friccionadas com as unhas. Deste modo, vão-se rompendo com o movimento interno e com o piscar dos olhos. A solução? Usar as unhas o mais curtas possível e de modo a que as bordas estejam lisas.

Uma outra solução passa por utilizar as pontas dos dedos para encaixar as lentes no lugar correto. Na verdade, é ainda mais correto que utilize o dedo indicador e o polegar, uma vez que estes fornecem um maior suporte. Além destas, existem outras razões para que as lentes de contacto se rasguem? Claro que sim.

A falta de hidratação das lentes. Se o estojo tiver pouco líquido, após retirar as lentes do estojo, não deve demorar muito tempo a coloca-las, uma vez que a possibilidade de estas se partirem será maior. Adicionalmente, se a lente de contacto tiver mais seca, ao coloca-la dentro do olho, estes estarão mais propensos a serem danificados.

Outras razões pelas quais a lente rasga

Como mencionamos anteriormente, é importante manusear o estojo onde guarda as suas lentes de contacto. O motivo? Manusear as lentes com os dedos pode causar um pequeno rasgo nas bordas, o que irá enfraquecê-las ou danificá-las completamente.

Por outro lado, exceder as horas recomendadas com elas faz com que elas se deteriorem e, logicamente, estejam mais propensas a quebrar. Por fim, não podemos deixar de mencionar que os olhos secos são a principal causa orgânica da quebra de lentes de contacto.

Na verdade, se sofre desse distúrbio, não precisará tocar na lente. Só a secura dos seus olhos poderá levar a que a lente se rasgue. Portanto, tenha um líquido por perto que permita hidratar e lubrificar a área, antes e depois de usá-la.

Precauções comuns para evitar lentes rasgadas

Para evitar aqueles momentos desconfortáveis com as lentes rasgadas, antes de colocá-las, observe-as com atenção de todos os lados. A ideia é detetar possíveis defeitos. Não importa se são novas, pois em caso de alguma falha, poderá reclamar na loja ou no fabricante.

De qualquer forma, não os use. Não importa quão pequena seja a pausa, encontre os seus óculos ou um substituto às lentes de contacto. Mas, se não obedeceu a essa premissa e já usou a lente rasgada, retire-a, aplique soro fisiológico na área afetada e vá ao oftalmologista.

Como remover uma lente rasgada do olho?

Embora reagir com calma seja difícil, é necessário que o faça, por isso, fique tranquilo. O modo de remoção de uma lente rasgada dependerá do tipo de lente, isto é, se é rígida ou macia. Contudo, seja qual for o cenário, siga os seguintes passos:

1. Lave as mãos com sabão sem perfume. Certifique-se de que as suas unhas estão limpas. O processo levará cerca de 30 segundos. Na verdade, aplique esta rotina sempre que quiser cuidar dos seus olhos.

2. Seque-os com uma toalha que não solte fios.

3. Coloque gotas hidratantes para facilitar a retirada das lentes.

4. Procure um espelho e sem tirar os olhos dele, segure as pálpebras para forçar o olho a ficar aberto.

5. Observe a parte interna e avalie a situação. Se ficar complicado, peça ajuda. Dessa forma, poderá determinar o quanto a lente está rasgada e onde estão as peças.

Com lente rígida

  • Massajar as pálpebras com movimentos que tragam os segmentos para a parte inferior do olho.
  • Abrir os olhos e retirar a lente.
  • Enxaguar com solução salina.

Com lente macia

  • Localizar a peça maior e movê-la em direção à esclera.
  • Remover a lente.
  • Fazer o mesmo com os pedaços. Enquanto isso, adicionar umas gotas para facilitar a remoção dos pedaços.

Quando ir ao oftalmologista

Após o processo de retirada das lentes de contacto rasgadas vá ao seu oftalmologista. Uma revisão especializada será sempre necessária, mesmo que se sinta bem após a extração. O especialista verificará com os seus instrumentos se, de facto, o olho estará limpo.

Além disso, ele avaliará o seu olho e identificará danos na córnea. Adicionalmente, recomendar-lhe-á soluções para resolver a lesão. Um conselho muito importante que lhe podemos dar é: nunca use nenhum instrumento e ferramenta, como, por exemplo, uma pinça, para remover as lentes de contacto, mesmo que essa ferramenta tenha pontas macias e arredondas.

Como evitar que uma lente rasgue

Usa lentes de contacto? Se sim, a sua saúde visual provavelmente depende delas. Portanto, deve mantê-las em boas condições para evitar que problemas ocorram. De modo a manter as suas lentes sempre em perfeitas condições, é importante que siga as seguintes indicações:

  • Respeite o prazo de validade. Cada fabricante indica esse mesmo prazo na embalagem. Caso contrário, elas podem rasgar.
  • Limpe-as com a solução indicada pelo seu oftalmologista de acordo com a marca que utiliza.
  • Mantenha as unhas curtas.
  • Se está a utilizar lentes de contacto não esfregue os seus olhos.
  • Lave sempre as mãos antes e depois de manuseá-las.
  • Retire as lentes antes de ir dormir.
  • Guarde-as no estojo, sempre com a solução hidratante.
  • Verifique se estão na parte inferior e não na borda da caixa. Isso evitará acidentes.
  • Segure-as da maneira certa. Fazer isso com apenas um dedo irá alterar a forma original da lente.
  • Coloque-as no estojo, imediatamente, após retira-las dos seus olhos.

Complicações que aparecerão se você colocar uma lente de contacto rasgada

Lesões oculares, esse é o resultado inevitável associado ao uso de lentes rasgadas. É estranho? Não deveria, porque assim como não gosta de usar roupas rasgadas, também não deveria usar lentes de contacto rasgadas.

Na verdade, se for uma decisão consciente, estará a cometer um erro grave, pois pode ter que deixar de usar lentes indefinidamente. Além disso, não há como evitar ferir o seu olho se o sujeitar a várias horas de fricção.

Tudo começará com arranhões na córnea, o que causará irritação e inflamação. O simples movimento de abrir ou fechar os olhos irá causar-lhe dor e desconforto. Ademais, a exposição à luz fará com que as áreas internas e externas cocem e queimem.

Posteriormente, surgirá uma série de distúrbios visuais, cujo resultado será infeliz. O pior cenário? Cegueira final. Portanto, leve os óculos na bolsa e, se algo estiver errado, retire as lentes e coloque os óculos.

Danos visuais associados a lentes rasgadas

Existem quatro doenças que prejudicarão a sua visão se a córnea for afetada:

1. Úlceras

São muito dolorosas e podem desencadear outro tipo de problemas mais difíceis de tratar. Esta doença fará com que a sua córnea perca a sensibilidade, retardará a deteção de outros danos que, quando detetados, não haverá tempo de agir e contornar a situação.

2. Ceratite

A camada epitelial é danificada, fazendo com que a córnea inche. Isto fará com que os seus olhos fiquem avermelhados e, por um algum tempo, a sua visão fique turva. Outros sintomas comuns de ceratite ocular são:

  • Dificuldade em abrir as pálpebras.
  • Lacrimejamento excessivo.
  • Dor.
  • Sensibilidade à luz.
  • Irritação.
  • Sentimento de que tem algo no seu olho.

3. Síndrome do olho seco

A síndrome do olho seco é a condição mais comum relatada por usuários de lentes de contacto. Quando os olhos não produzem lágrimas, estes tendem a ficar mais seco porque não estão a ser hidratados. Os sintomas mais comuns a este tipo de doença são:

  • Fadiga ocular.
  • Sensação de corpos estranhos nos olhos.
  • Ardor ou comichão.
  • Dor.
  • Vermelhidão.

4. Conjuntivite crónica

A conjuntivite alérgica crónica ocorre quando a membrana conjuntival é infetada. Muito provavelmente, sentirá muita dor e rejeitará as lentes de contacto por algum tempo. Além disso, terá hipersensibilidade à luz e os seus olhos ficarão vermelhos. O tratamento para este tipo de doença requer um cuidado especial.

Tudo isso é um panorama que, com boas decisões, pode ser evitado. Embora não seja comum que as lentes de contacto se rasguem, se isso acontecer, retire-as o mais rápido possível. Obviamente, será desconfortável e, talvez, doloroso. No entanto, deverá fazê-lo de modo a evitar que tudo piore.

Cuide da saúde da sua visão, tomando os cuidados que lhe demos anteriormente e visitando periodicamente o especialista. Como pode ver, prevenção e higiene são a chave para manter suas lentes intactas durante sua vida útil.


Artigos Relacionados

Pesquisa

Temas
Conforto superior ao longo de todo o mês com as Lentes Hydrasense Lentes de Contacto

Top 10 artigos

Top 10
Olhos Secos e Sensiveís com BioNatural Líquidos
Opiniones de Clientes en Lentes de Contacto 365
Apesar do elevado número de encomendas, todos os pedidos estão a ser expedidos com normalidade. Saiba mais »